segunda-feira, fevereiro 21, 2011

BR

Em rodovias engarrafadas
náufragos escrevem mensagens
usando apenas buzinas

Alguém os ouvirá
multiplicando no céu
um enxame de ofensas

Apesar do esforço
esse ainda não é o jeito certo
de fazer o carro voar

domingo, fevereiro 06, 2011

Fim

fere à faca
fisga à fogo
fratura à ferro
fraqueja à febre

pesa mais que bigorna
esmaga à morsa
retorce em torno
dissolve sulfúrico

dor ácida
de agulhas sob unhas
de brasas à boca
de pregos em Cristo

tua despedida
tem muitos escombros entre os dedos
ruínas escorrendo
feito pedaços de água

a noite chanfra teu aceno
à curva de uma sombra
se encardindo serena
sobre velhas construções

e dentro
uma usina ferve
o vapor escapa pelos olhos
e assim nascem as lágrimas
Google